Estiagens prolongadas e os riscos de crises hídricas

Estiagens prolongadas e os riscos de crises hídricas

20 de novembro de 2018 0 Por ceramicastefanisa

Longos períodos sem chuva causaram uma crise hídrica no Brasil, fazendo com que a população de vários estados racionasse a água. Sem as chuvas, os níveis das bacias hidrográficas caem, e o risco de desabastecimento aumenta.

A água é uma das maiores riquezas do planeta. A Terra possui cerca de 71% de sua superfície composta por água, mas o homem não vem tratando bem seus rios e mares. Desmatamento e poluição são dois exemplos que ilustram esse problema.

A poluição é a grande responsável pela contaminação das bacias hidrográficas, materiais como: plástico, alumínio, ferro, cobre e elementos químicos provenientes de fábricas e esgoto, podem ser encontrados nos rios.

Economia de água

Devemos economizar água sempre. A recente crise hídrica no país nos mostrou como desperdiçamos a água, lavando de forma incorreta as calçadas, garagens, jardins, carros, etc. O uso de mangueiras para essas finalidades, gasta em média 270 litros de água a cada 15 minutos.

Hoje, estão disponíveis no mercado opções de torneiras inteligentes, que possuem sensores que controlam a frequência de saída da água e desligam sozinhas após o afastamento das mãos. Assim como chuveiros e descargas, que usam menos água e o reaproveitamento da água da chuva.

Filtro de Argila (Barro): garantia de água limpa

Na hora de beber água, temos que ficar atentos a sua qualidade para evitar o risco de contaminação.

Nem sempre a água que sai direto da torneira pode ser consumida, seja pela quantidade de cloro ou pela presença de bactérias, que são invisíveis a olho nu. Um copo de água que parece cristalino, por exemplo, pode esconder impurezas que são prejudiciais à saúde. Por isso, é importante investir em um bom filtro.

Em períodos de estiagem, fique atento à procedência da água. Há muitas opções no mercado como:

Mas o melhor custo-benefício é o filtro de argila (barro). Primeiro, por ter um sistema de filtragem por gravidade, que garante a limpeza da água. Segundo, por ter um elemento filtrante esterilizante (vela) de tripla ação de alta durabilidade.

A filtragem é feita por gravidade e o elemento filtrante esterilizante (vela) conta com três etapas. Na primeira, as partículas ficam presas nas paredes microporosas, em seguida, a prata coloidal age nas bactérias e por último, o carvão elimina o cheiro e gosto de cloro.

A Cerâmica Stéfani produz e comercializa diversos tipos de filtros; E o elemento filtrante esterilizante (vela) é sua garantia de água limpa.